Quer ter segurança contra acidentes com eletricidade? Cumpra com a NR 10

Por redação do Instituto Treni

Quando o tema é NR 10, é melhor aprender seus enunciados essenciais. A norma regulamentadora 10, que trata de segurança em instalações e serviços em eletricidade, tem perfil extremamente técnico, e por isso mesmo precisa ser seguida à risca. A norma existe para garantir a segurança dos trabalhadores, que direta ou indiretamente interagem com equipamentos elétricos. Esse é um detalhe importante, pois, nesse setor, não é apenas o eletricista que está exposto ao risco, mas, por exemplo, também os empregados de empresa de telefonia, que trabalham próximos à área de eletricidade de alta tensão.

O rigor na observância à norma deve-se ao costumeiro improviso de pessoas desavisadas que acham que não precisam seguir os procedimentos técnicos. Em instalação elétrica nada pode ser resolvido por meio do ‘jeitinho’. Um acidente com eletricidade pode decorrer de uma decisão irresponsável, quando se vai fazer uma instalação elétrica numa empresa. Essa instalação é composta basicamente pela fiação, que vai ser interligada em quadros de energia, ligados aos disjuntores, que funcionam como sistema de segurança. Logo, se os aparelhos, por algum motivo, ficam muito aquecidos porque estão acima da carga, o disjuntor dispara e desliga todo o sistema elétrico. Porém, é comum alguém fazer um ‘puxadinho’, e, com isso, tanto a fiação quanto o disjuntor deixam de estar com sua potência adequada. Será preciso um disjuntor de maior capacidade e fiação de maior bitola.  Nesse exemplo, ao não seguir os parâmetros técnicos corretos, a empresa corre o risco de ter um princípio de incêndio, pela falta de planejamento em relação ao sistema elétrico, e o não cumprimento das recomendações da NR 10.

Outro problema é não ter o diagrama unifilar atualizado, que é o desenho dos dispositivos e o trajeto dos condutores em suas posições físicas na planta baixa (planta arquitetônica). Se o eletricista vai trabalhar num circuito que não está atualizado, ele pode ser vítima de um acidente e até morrer.

Seguir a NR 10 é o primeiro passo para a segurança de trabalhadores que atuam no setor, direta e indiretamente.

Leave a Comment